OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

CONSELHOS PUBLICADOS NAS REVISTAS FEMININAS NA DECADAS DE 50 E 60:

Nas décadas de 50 e 60, as revistas femininas eram praticamente a única forma de entretenimento para as mulheres de classe média. Os artigos destas publicações eram escritos por homens, já que as mulheres ainda não estavam inseridas no mercado de trabalho. Por isso, os temas abordados eram quase sempre machistas ou voltados para a felicidade conjugal.
As revistas femininas de 1950 e 1960 expressavam pontos de vista masculinos sobre como as mulheres deveriam agir. As publicações femininas brasileiras abordavam o amor entre os casais e as obrigações das mulheres para manter o casamento.
Nestas revistas, o ideal do matrimônio feliz era baseado na forma como as mulheres deveriam se comportar dentro e fora do espaço doméstico. Como as revistas eram uma importante fonte de informação e referência para as mulheres destes períodos, elas se tornavam verdadeiras conselheiras, sempre com mensagens persuasivas e que tinham como objetivo alienar toda uma geração de mulheres.

Confira algumas dicas e conselhos que eram publicados nas revistas femininas nas décadas de 50 e 60:
JORNAL DAS MOÇAS - 1957
Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas".

REVISTA CLAUDIA - 1962
"Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto, sem questioná-lo".

JORNAL DAS MOÇAS - 1965
"A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa".

JORNAL DAS MOÇAS - 1957
"Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda a casa".

REVISTA CLAUDIA - 1962
"A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar uma mulher por não ter resistido às experiências pré-nupciais, mostrando que era perfeita e única, exatamente como ele a idealizara".

REVISTA QUERIDA - 1954
"Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu".
REVISTA QUERIDA - 1953
"O noivado longo é um perigo, mas nunca sugira o matrimônio. Ele é quem decide - sempre".

JORNAL DAS MOÇAS - 1958
 "Sempre que o homem sair com os amigos e voltar tarde da noite, espere-o linda, cheirosa e dócil". 

JORNAL DAS MOÇAS - 1957
"É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido".

REVISTA QUERIDA - 1955
"O lugar de mulher é no lar. O trabalho fora de casa a masculiniza".

JORNAL DAS MOÇAS - 1959
"A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, servindo-lhe uma cerveja bem gelada. Nada de incomodá-lo com serviços ou notícias domésticas".


foto: divulgação
Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/revistas-femininas-nos-anos-50-e-60-a-mulher-no-mundo-machista.html