OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

domingo, 18 de outubro de 2015

REYNALDO GIANECCHINI PARTICIPOU DO EVENTO DO GRAACC SOBRE TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA

O evento, que aconteceu dia 14 de outubro,  das 9h às 11h, contou com a presença de pacientes e famílias que fizeram parte da história  dos 500 transplantes.
Além deles, médicos, doadores e gestores do GRAACC também estiveram  presentes para festejar essa marca histórica para a Instituição.

REYNALDO GIANECCHINI EMBAIXADOR DO GRAACC

Reynaldo Gianecchini, embaixador do GRAACC e ator, esteve presente no evento para dar o seu apoio a organização e comemorar essa conquista junto com os pacientes e equipe médica.

O primeiro transplante realizado no GRAACC foi há 16 anos, em 1999. Atualmente são feitos, em média, 40 procedimentos como esse por ano.
O GRAACC REALIZA O 500º TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA!
 Ele foi realizado em um paciente de 5 anos e a fonte de células utilizadas veio de longe: um cordão umbilical trazido da Espanha
Reconhecido por atender os casos mais difíceis e complexos em oncologia pediátrica, o GRAACC é um dos poucos hospitais
 no Brasil que realiza o transplante haploidêntico, quando o doador tem a medula 50% compatível, que somente é possível quando o doador for a mãe, pai ou filho. Além disso, há três opções para realizar o transplante de medula óssea: uma com doador familiar,
 em geral totalmente idêntico; outra não aparentado, preferencialmente 100% idêntico; e outra com sangue de cordão umbilical, também total ou parcialmente idêntico.

Médicos, doadores e gestores do GRAACC também estiveram  presentes para festejar essa marca histórica para a Instituição.


SOBRE O  GRAACC
Referência no tratamento e pesquisa do câncer infantojuvenil na América Latina, principalmente em casos de alta complexidade, e uma das mais respeitadas e bem-sucedidas instituições do País, o GRAACC – Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer, criado em 1991, tem a missão de garantir a crianças e adolescentes com câncer todas as chances de cura com qualidade de vida. A organização é reconhecida pelos expressivos resultados obtidos na cura do câncer infantil, alcançando índices de cerca de 70%. O GRAACC tem um hospital próprio que, em parceria técnico-científica com a UNIFESP, realiza mais de 26 mil consultas, 1,5 mil procedimentos cirúrgicos, 3,2 mil sessões de radioterapia e 16 mil sessões de quimioterapia anualmente.  Com o orçamento para 2015 estimado em R$ 90 milhões, atende em média 3 mil crianças e adolescentes por ano. Informações no www.graacc.org.br.

fotos:  Manuela Scarpa/Photo Rio News