OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Tema e as novidades do São Paulo Fashion Week ANIMA 29ª edição – Verão 2011

ANIMA


SPFW 29ª edição – Verão 2011



"Foi ainda o negro quem animou a vida doméstica do brasileiro de sua maior alegria. (...) Ele que deu alegria aos são-joões de engenho; que animou os bumbas-meu-boi, os cavalos-marinhos, os carnavais, as festas de Reis. Que à sombra da Igreja inundou das reminiscências alegres de seus cultos totêmicos e fálicos as festas populares do Brasil; na véspera de Reis e depois, pelo carnaval, coroando os seus reis e as suas rainhas; fazendo sair debaixo de umbrelas e de estandartes místicos, entre luzes quase de procissão, seus ranchos protegidos por animais (...) cada rancho com o seu bicho feito de folha-de-flandres conduzido à cabeça, triunfalmente; os negros cantando e dançando, exuberantes, expansivos."

Gilberto Freire, em Casa Grande e Senzala


Alma (em latim ANIMA), o que dá movimento, o que anima, o que faz mover. É o sopro, raiz de ANIMA-ção, essa teimosa vocação do brasileiro. É o pacto com a alegria, com a festa, com a farra. É o sopro de vida, o vento que faz tudo mover. É o que não desiste. Não DES-Anima. a força invisível que faz tudo mover.






É o catavento, a roda gigante, o carrossel da nossa infância. É o rosto no vento. É a criança que permanece na gente. É a praça, a rua, a festa, o futebol.
ANIMA-ção é nossa condição.
Esta edição da SPFW celebra nossa ANIMA expressa na criatividade, no espírito festeiro e na nossa vocação de felicidade. ANIMA que nos movimenta e movimentará.

Quem consegue ficar parado com a passagem do Ilê-Aiyê, do Cortejo Afro, do povo da Timbalada? Pé no chão, alegria que dura dias inteiros, tambores comendo solto, um ritmo encantador. E quando se descobre que cada um desses blocos – entre carnavais – é um centro de atividades educacionais, sociais, profissionalizantes, o verdadeiro coração de sua comunidade, fica-se ainda mais impressionado com a força e a extensão dessa ANIMA-ção.

Uma instalação/diálogo de imagens dos blocos afro do carnaval baiano celebra a nossa alma apaixonada.




foto: divulgação


Informações para a imprensa – PRCOM Estratégia de Comunicação
Jornalista Responsável: Gefferson Eusébio – gefferson@prcom.com.br
Apoio: Adriana Ornelas – adriana@prcom.com.br

Tel: (11) 3088-9667

http://www.prcom.com.br/