OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

domingo, 3 de julho de 2011

Erasmo Carlos celebra 50 anos de carreira com show no Rio

"Quero dizer que é um orgasmo inenarrável estarmos aqui. Nunca na história desse país vocês viram um compositor tão feliz aqui no palco". (Erasmo Carlos)

Erasmo Carlos: Não tenho vergonha de dizer que sou viciado em rock n' roll."

 Erasmo se apresentou no Teatro Municipal do Rio na noite de sábado 02/07. Foi uma festa de arromba.
 Erasmo entrou no palco com  visual de roqueiro despojado (jeans, camiseta e jaqueta de couro), guitarra em punho.
Teatro lotado para assistir o show em que celebrava 50 anos de carreira e aproveitou também, para comemorar os 70 anos feito no dia 05/06.
O repertório recheado de baladinhas como "Gatinha Manhosa" e rocks clássicos como " Vem Quente que Eu Estou Fervendo", "Sou uma Criança, Não Entendo Nada", "Mesmo que Seja Eu", "Mulher", "Minha Superstar", "Sentado à Beira do Caminho",  agradou o público, que retribuiu cantando junto, todas as músicas.

O Grande Momento:
Erasmo chama o Rei Roberto Carlos ao palco

"A gente combinou que não ia chorar, mas eu já comecei antes", disse Roberto, ao abraçar Erasmo


 Brincando muito entre si, a dupla contou histórias como a da primeira música que fizeram juntos - RC lembrou que estava em sua mesa de trabalho, no Ministério da Fazenda, e ligou para Erasmo pedindo ajuda em uma composição que estava fazendo; o resultado foi "Parei na Contramão".
"Quinhentas composições depois, estamos aqui juntos", disse um emocionado Erasmo. "E vamos continuar, vamos fazer mais 500", respondeu Roberto.
Roberto Carlos (em "Parei na Contramão", "É Preciso Saber Viver" e, de improviso, "Eu Sou Terrível"), garantindo os melhores momentos da noite - que foi gravada para virar DVD.
 Wanderléa  estava na na plateia, mas  recusou o pedido do público presente por um revival do trio da Jovem Guarda.
 Para fechar o show - "Lobo Mau", "Minha Fama de Mau", "Vem Quente que Eu Estou Fervendo", "É Proibido Fumar" e, no bis, "Festa de Arromba".

fotos: divulgação














,