OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

PRIMEIRA NOITE DE DESFILES EM SÃO PAULO



Casamento na concentração, musa de topless e muita emoção no sambódromo do Anhembi


Casamento na concentração da Camisa Verde e Branco

Foto: Futura Press
 Camisa Verde e Branco voltou ao Grupo Especial e abriu a noite dos desfiles no sambódromo do Anhembi na noite desta sexta-feira (17), às 23h35. Após três anos longe do grupo Especial, a escola da Barra Funda espalhou romance no Anhembi. 
Com o enredo “É o Amor!”, a agremiação até promoveu um casamento na concentração do sambódromo.
 O noivo foi o intérprete Agnaldo Amaral, que passou suas primeiras horas de lua de mel na avenida. A modelo Solange Gomes, madrinha de bateria, com um colar de coração partido.

Império de Casa Verde foi a segunda escola a entrar na avenida.
Foto: AE
Com o enredo “Na ótica do meu Império o foco é você”, a Império de Casa Verde foi a segunda escola a entrar na avenida.
Valeska Reis, assistente de palco de “O Melhor do Brasil”, estreiou à frente da bateria da Império. Ela assumiu o posto que pertenceu à dançarina Gracyanne Barbosa durante quatro anos. Uma das marcas do desfile foi a volta dos enormes tigres "puxando" o carro o abre-alas.

Desfile da X-9 Paulistana
Foto: AE
Mayra Cardi, musa da bateria da X-9 Paulistana, quase não aguentou a pesada fantasia
As cores verde, vermelho e branco invadiram o Sambódromo do Anhembi no desfile da X-9 Paulistana, terceira escola a entrar na avenida na madrugada deste sábado (18), às 2h05.
A agremiação trouxe o enredo “Trazendo para os braços do povo o coração do Brasil... A X-9 Paulistana desbrava os sertões dessa gente varonil!”, que usou o Rally dos Sertões como pano de fundo para mostrar o lado sertanejo do país. A ex-BBB Mayra Cardi estreou no samba e foi a musa da bateria, mas teve alguns problemas com sua fantasia. Ela chegou a dispersão quase chorando. “Tira, tira, tira”, ela gritava quando acabou o desfile

Claudia Raia foi destaque da escola de samba Vai-Vai


Foto: AE
Campeã do carnaval de 2011, a Vai-Vai levou uma aguardada homenagem às mulheres à avenida. Com um desfile repleto de musas, como Ana Hickmann, madrinha da agremiação, e a rainha de bateria Camila Silva, a escola mostrou a contribuição feminina para o progresso do país. Estrelas como Claudia Raia e Marisa Orth representaram mulheres que se destacaram nas artes. As cantoras Elza Soares e Paula Lima também foram destaques, nas alegorias dedicadas a música

Ao lado da mulher, Ticiane Pinheiro, Roberto Justus foi homenageado pela Rosas de Ouro

Foto: AE
 A Rosas de Ouro, quinta escola a entrar na avenida, chegou no sambódromo para falar sobre a Hungria e homenagear o apresentador Roberto Justus, de ascendência húngara.
O grande trunfo da agremiação, no carnaval em que comemora 40 anos de existência, foi o próprio desenvolvimento do desfile. "O Reino dos Justus", que resultou na parceria com o publicitário, não é um enredo biográfico, mas a história de um reino fictício, onde se trava a luta do bem contra o mal. O último carro trouxe o homenageado Roberto Justus e sua mulher, Ticiane Pinheiro. "Foi a coisa mais especial que um homem pode sentir. Estou muito emocionado", resumiu o apresentador. A Rainha de Bateria da escola, Ellen Roche, surpreendeu ao aparecer morena em seu sexto ano como rainha. “Não desfilo pela vaidade, mas sim pelo prazer do trabalho.

A modelo Graciela Carvalho é a vice-Miss Bumbum, mas destacou os seios na avenida


Foto: Marcos Bezerra/Futura Press
Com o enredo “O esplendor da África no reinado da folia”,a vice-campeã  do ano passado foi a penúltima escola a desfilar nessa sexta-feira. A Acadêmicos do Tucuruvi se vestiu com as cores exuberantes da África  para mostrar a influência do continente na cultura e no carnaval do Brasil. Destaque para a bateria, comandada pelo Mestre Adamastor. Os 240 ritimistas deram o ritmo do desfile e chegaram a empolgar o público em alguns momentos.
Caroline Bittencourt estreou como rainha de bateria da agremiação. Mas quem roubou a cena foi a modelo Graciella Carvalho, a única musa a desfilar de topless na primeira noite.

O ex-jogador Edmundo desfilou na Mancha Verde


Foto: AgNews


Pregando a humildade, a emoção tomou conta dos componentes da Mancha Verde ainda na concentração. Desde o presidente Paulo Serdan ao ex-jogador Edmundo pisaram na pista chorando. O goleiro Marcos foi destaque do último carro. Para compensar a claridade, os carros foram incrementados com uma iluminação especial. À frente da bateria dos mestres Caju e Moleza, a rainha de bateria Viviane Araújo demonstrou nervosismo e quem brilhou mesmo foi a ex-Panicat Juju Salimeni. Com a fantasia da pombagira Madia Padilha, ela exibiu seu corpo malhado com apenas um tapa sexo, que simulava uma chama.

fonte: