OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

sábado, 21 de abril de 2012

DAVINES CHEGA AO BRASIL

Davines, marca italiana de cosméticos premiun, chega ao Brasil.

Davide Bollati (pres. mundial da Davines)

Quarta- feira (20.03) foi apresentada em coletiva,a chegada ao Brasil da Davines, uma das marcas mais tradicionais de cosméticos italianos, a Davines. Com mais de 20 anos de mercado e presente em 78 países, a label de Davide Bollati é reconhecida também pelo compromisso com meio ambiente. 
 Os produtos, ainda sem preço definido para o nosso mercado, estarão à venda nos principais salões da cidade.

A marca italiana de produtos profissionais para cabelos Davines anuncia sua chegada ao Brasil, por meio de parceria com a importadora Beauty Seven, com sede em Salvador. Os produtos serão vendidos inicialmente em cerca de 500 salões em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.
Criada há vinte anos, a marca está presente em 72 a Davines vai disputar espaço nas prateleiras dos salões com marcas de grandes multinacionais, como Kerastase (L’Oréal) e Schwarzkopf (Henkel). O diferencial da Davines é o apelo sustentável, com projetos que permeiam toda a cadeia.



Criada há vinte anos, a marca está presente em 72 países. “Em cinco anos, o Brasil deve se tornar um dos ‘top 5’ para a Davines”, diz Davide Bolatti, presidente do grupo. A Davines vai disputar espaço nas prateleiras dos salões com marcas de grandes multinacionais, como Kerastase (L’Oréal) e Schwarzkopf (Henkel). O diferencial da Davines é o apelo sustentável, com projetos que permeiam toda a cadeia.


“Queremos que em quatro anos a marca esteja entre as três maiores de produtos profissionais para cabelos no país”, diz Geovania Souza, diretora da Beauty Seven. A importadora opera com centros de distribuição em Vitória (ES) e Natal (RN). Para representar a Davines, a Beauty Seven abriu um escritório na avenida Paulista, em São Paulo. Geovania prevê que a importadora fature R$ 10 milhões com a marca no primeiro ano de vendas.



Criada há vinte anos, a marca está presente em 72 países. “Em cinco anos, o Brasil deve se tornar um dos ‘top 5’ para a Davines”, diz Davide Bolatti, presidente do grupo. A Davines vai disputar espaço nas prateleiras dos salões com marcas de grandes multinacionais, como Kerastase (L’Oréal) e Schwarzkopf (Henkel). O diferencial da Davines é o apelo sustentável, com projetos que permeiam toda a cadeia.

A entrada no mercado se dará com os produtos de tratamento capilar, como xampu, condicionador, máscara, entre outros. Em 2013, todo o portfólio da marca, que tem mais de 200 produtos, estará à venda, incluindo as linhas de coloração. Como a marca é vendida exclusivamente em salões de beleza, o maior investimento será na divulgação entre cabeleireiros e no treinamento desses profissionais. A empresa planeja abrir em 2013 uma espécie de salão da marca para treinar os cabeleireiros no Brasil.

fotos: Joanna Prado