OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

CARDIN NA PASSARELA

Aos 88 anos, dez dos quais distante da moda, o consagrado estilista Pierre Cardin participou na última quarta-feira (29) da Semana de Moda de Paris, mostrando a coleção que antecipa o seu desfile nos Estados Unidos, em outubro.
                                                   Pierre Cardin, aos 88, volta à moda    
Macacões e casacos coloridos foram apresentados por garotas e garotos, no estilo unissex. Tonalidades fortes de rosa, azul e amarelo coloriam peças plastificadas ou vestidos justos. Outros modelos, como os vestidos brancos bordados para noivas, mais sequinhos e cores mais sóbrias também desfilaram com corte perfeito, o irresistível estilo
O objetivo maior da sua presença no evento era se tornar mais conhecido entre os jovens e aumentar suas vendas nos Estados Unidos, onde mostra a sua moda em outubro.
“Sou capaz de desenhar 100 modelos em uma hora. Trabalho com uma equipe de cinco jovens e acho que os designers mais novos não são mais avant-gard do que eu. Estou em plena forma”, disse Cardin ao terminar seu desfile.
À moda dos Beatles
E concluiu: “Vesti Lady Gaga agora, mas já vesti Beatles e Rollings Stones. Sempre fiz roupas provocantes para os jovens”.
O estilo construído que revelou o designer
Ontem e hoje, as noivas de Cardin
Para os homens, jeans e black tie
Em 70, para as enfermeiras
Além de dedicar sua vida à criação de modelos de Alta Costura, prêt-à-porter feminino e masculino, uma linha de jeans, camisas masculinas e gravatas, ele ainda passeou com maestria por uniformes de aviação e pelos próprios aviões, por objetos de decoração, móveis, porcelanas, perfumaria, bijuterias feminina e masculina, óculos, meias, relógios, cama e mesa, uma linha de moda infantil, incluindo os bebês, e até comestíveis - suas violetas cristalizadas eram deliciosas!
Três itens de uma vasta criação
Mais que um costureiro importante na história da moda universal, Cardin é um multidesigner.
Nos Anos 80, ele comprou um dos maiores cartões de visita da França, o Maxim's de Paris e, encantado com o Rio de Janeiro – ele sempre vinha ao Brasil duas vezes por ano – abriu o Maxim's carioca, que, infelizmente não vingou.
Levou também duas filiais do célebre restaurante francês em estilo belle époque para Pequim e Moscou.
Compositor e escritor, Cardin lançou um livro para crianças sobre o bicho da seda e compôs uma ópera sobre Veneza, sua cidade natal. Fez também figurinos para cinema, teatro e ópera.
Nascido na Itália Pierre Cardini, o estilista criado na França adotou o sobrenome Cardin, antes mesmo de iniciar a sua carreira na Maison Christian Dior, em 1947, três anos antes de abrir o seu próprio atelier de Alta Costura e fazer sucesso a vida inteira...
fotos: divulgação