OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

sábado, 23 de julho de 2011

UMA DOENÇA CRÔNICA DESCONHECIDA QUE SERÁ A 3ª CAUSA DE MORTE ATÉ 2020

Doença respiratória obstrutiva crônica (DPOC) é a 5ª causa de óbito no Brasil

Um dos principais problemas é a falta de diagnóstico da doença. Muitos brasileiros relacionam a tosse com o hábito de fumar, quando já podem estar com a capacidade pulmonar comprometida
DPOC no Brasil


No Brasil, a doença afeta cerca de 7 milhões de brasileiros, sendo responsável por aproximadamente 270 mil internações e 33 mil mortes por ano, segundo o DATASUS. A DPOC é considerada a 5ª causa de morte no país, perdendo apenas para o câncer, derrame cerebral, infarto do miocárdio e o diabetes, respectivamente.

Anualmente, a DPOC custa aos cofres públicos aproximadamente R$ 100 milhões, sendo que cerca de 70% dos pacientes dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento. Além dos custos relacionados a internações e remédios, a doença leva à falta de resistência física, ausência no trabalho e morte prematura, ocasionando gastos adicionais para a família, pacientes ou responsáveis.

DPOC no Mundo
A DPOC é uma doença de caráter progressivo, parcialmente irreversível, que provoca graves limitações, podendo conduzir à incapacidade pulmonar e morte prematura. A taxa de mortalidade associada à DPOC vem crescendo no mundo todo. Segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), 210 milhões de pessoas lutam contra a DPOC e cerca de três milhões morrem todos os anos em decorrência da doença.

Até 2020, a DPOC se tornará a terceira maior causa de morte no mundo, de acordo com projeção da OMS. É a 6ª causa de morte em nível mundial, a 5ª na Europa e em outros países desenvolvidos e a 4ª nos Estados Unidos da América.

Primeiro medicamento anti-inflamatório para a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica chega ao Brasil
Inovadora classe terapêutica chega ao país para oferecer novas perspectivas aos pacientes com DPOC

A Nycomed acaba de lançar no mercado brasileiro o Daxas®, medicamento exclusivo para o tratamento da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, também conhecida como DPOC. Trata-se de uma nova classe terapêutica que chega ao país, sendo a primeira terapia complementar via oral aprovada pela Anvisa. O medicamento possui ação específica e efetiva no combate à inflamação latente da DPOC, atuando como terapia associada aos medicamentos sintomáticos. Sua ação ajuda a diminuir as exacerbações, também chamadas de crises, retardando a progressão da doença, com qualidade de vida e aumento do tempo de sobrevida dos pacientes.


Sobre Daxas®
Daxas® tem como principio ativo o roflumilaste, sintetizado pela primeira vez no ano de 1993, pelo falecido Dr. Hermann Amschler, pesquisador do laboratório Byk Gulden, em Konstanz, Alemanha. É o primeiro fármaco de uma nova classe, os inibidores da fosfodiesterase 4. Daxas® atua com foco na inflamação específica da DPOC e já faz parte das Diretrizes Globais para Manejo da DPOC (GOLD – Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease).

Sobre a Nycomed


A Nycomed é uma empresa farmacêutica global de capital privado e portfólio diferenciado, com foco em medicamentos OTC (medicamentos isentos de prescrição) e medicamentos de referência para as áreas de gastroenterologia, doenças respiratórias e inflamatórias, tratamento da dor, osteoporose e adesivos cirúrgicos.

Presente no Brasil desde 1954, a Nycomed está entre os maiores laboratórios farmacêuticos do país. A subsidiária brasileira conta com cerca de 1.000 colaboradores, distribuídos em sua sede administrativa em São Paulo, fábrica em Jaguariúna e representantes em todo o país.
No mundo, a Nycomed conta com 12.500 colaboradores e seus produtos são comercializados em mais de 100 países.

Com sede em Zurique, na Suíça, a empresa registrou um faturamento total de €3.2 bilhões em 2010 e o EBITDA ajustado de €851 milhões.
 Mais informações estão disponíveis no site :

                                                 http://www.nycomed.com/br/


fotos: divulgação