OBS de 22/09/2016: Queridos leitores, infelizmente o site Jornal |Jardins,teve um problema e as fot

Minha foto

Sou uma apaixonada pela vida, sem limites pra sonhar...
Sou determinada, e adoro as coisas simples da vida... Não gosto de nada mal resolvido, sou preto no branco,o cinza não me convence...Sou sincera e verdadeira e só gosto de me relacionar com gente assim...
Pessoas, que como eu, tem atitude pra mudar o que não está bom, não se conforma, nem se acomoda com o mais ou menos....Ou está bom, ou a gente faz ficar.
A FELICIDADE ESTA EM NOSSAS MÃOS E DE MAIS NINGUEM.
POR ISSO ACORDA MENINA.

sábado, 9 de julho de 2011

LEVITRA ODT PARA DISFUNÇÃO ERÉTIL CHEGA AS FARMÁCIAS NO SABRO DE MENTA

O Levitra ODT chega ao Brasil como o primeiro remédio orodispersível contra disfunção erétil.

A Bayer, aproveitando a proximidade do Dia Internacional do Homem,celebrado em 15 de Julho, colocou no mercado brasileiro uma nova apresentação do Levitra (vardenafila), medicamento para disfunção erétil e um dos produtos mais vendidos da empresa no mundo.

LEVITRA ODT

Embalagem discreta e com o sabor refrescante de menta.
O novo comprimido apresenta o dobro da dosagem já existente e promete um efeito prolongado de até 8 horas. 
Com uma embalagem discreta e com o sabor refrescante de menta, o medicamento pode passar como pastilha, o que pode diminuir o constrangimento na hora do sexo. “Muitos pacientes me dizem que, quando estão em um restaurante, por exemplo, costumam ir até o banheiro para tomar qualquer tipo de remédio, mesmo estando na presença da esposa apenas”, disse o terapeuta sexual Oswaldo Martins Rodrigues Junior, sobre a dificuldade masculina em assumir o problema e tomar remédios na frente da parceira.
Funcionamento
Após a ingestão, o medicamento faz efeito em 15 minutos e o seu composto age no organismo por até oito horas. “Isso não quer dizer que a pessoa ficará oito horas com ereção constante, ela só terá uma ereção se for estimulada a isso”, lembrou o urologista e presidente da Sociedade Brasileira de Urologia em São Paulo, Archimedes Nardozza Junior.
De acordo com o fabricante, o novo medicamento é indicado para homens que não respondem aos outros medicamentos ou que desejam melhorar ainda mais as ereções.
A grande novidade do remédio, que se chama Levitra ODT, em relação aos concorrentes (incluindo o Levitra tradicional, em comprimido, que já é fabricado desde 2003) está no fato de ser orodispersível, ou seja: pode ser dissolvido na boca sem a necessidade da ingestão de líquido.
O medicamento neste formato já está presente em países como Alemanha, Itália e Espanha, o Levita desembarca na América Latina e tem o Brasil como principal país de distribuição.
Por se tratar de um vasodilatador, o Levitra ODT pode provocar efeitos colaterais como face vermelha e dores de cabeça. Como todo medicamento, é necessário ter acompanhamento médico, prestar a atenção nas contraindicações e nas reações que o produto pode causar.

foto: divulgação